Cidadão Alerta!

“Eu não quero viver em outro país. Eu quero viver em outro Brasil”


publicada em 22 de maio de 2016
“Eu não quero viver em outro país. Eu quero viver em outro Brasil”.
 
Esta frase, dita pelo Ministro Luis Roberto Barroso, do STF, quando do julgamento do afastamento do Deputado Eduardo Cunha, reflete bem o que desejamos. A frase não é de autoria do Ministro, pois, segundo ele, foi dita a ele por uma pessoa que demonstrava o seu anseio por mudança urgente da situação política e econômica do país, e que explicita a postura digna de um cidadão consciente de que devemos enfrentar os desafios e batalhar pelas mudanças necessárias para termos um Brasil justo para todos.

Enquanto vemos pessoas manifestando interesse em deixar o país e viver no estrangeiro como forma de fugir da situação caótica em que nos encontramos politica e economicamente, vemos também que temos cidadãos engajados nas mudanças e que trabalham para que elas aconteçam.

Temos visto nos últimos tempos sinais positivos de que as mudanças já estão acontecendo. Os resultados da Operação Lava Jato são evidentes e a recente suspensão do Presidente da Câmara, Deputado Eduardo Cunha, estão aí para demonstrar que as instituições policiais e do judiciário cumprem seus papéis dignamente, o que nos dá esperanças de uma “luz no fim do túnel”.

Porém, temos que entender que para “vivermos em outro Brasil” cabe também a cada um de nós tomar atitudes coerentes com a dignidade, moral e ética que desejamos que os outros tenham. De nada adianta criticarmos os políticos e empresários corruptos se no dia a dia permanecermos no “nosso Brasil atual”,  cometendo pequenos delitos, como por exemplo: furar uma fila, tentar subornar o guarda para evitar uma multa, estacionar em local proibido, etc..

Nós podemos juntos construir um país melhor, o país que queremos, o “outro Brasil”. Basta que cada um faça a sua parte.  
 
Créditos/Fonte/Origem:  Cidadão Alerta

Versão para impressão  |  Envie para um amigo  |  Deixe seu comentário




Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››
CIDADÃO ALERTA - 2017