Cidadão Alerta!

Pai é condenado por abandono afetivo.


publicada em 03 de maio de 2012

            Pai é condenado por abandono afetivo.

Nesta quarta feira (02/05/12), em decisão inédita, “o Superior Tribunal de Justiça (STJ) condenou um pai foi a pagar indenização de R$ 200 mil por abandono afetivo. De acordo com a assessoria de imprensa do STJ, a filha entrou com uma ação contra o pai após ter obtido reconhecimento judicial da paternidade e alegou ter sofrido abandono material e afetivo durante a infância e adolescência. A autora da ação argumentou que não recebeu os mesmos tratamentos que seus irmãos, filhos de outro casamento do pai”.

“A decisão da ministra Nancy Andrighi, da Terceira Turma do STJ, é do último dia 24 de abril, mas foi divulgada apenas nesta quarta-feira (2). “Amar é faculdade, cuidar é dever”, disse a magistrada ao garantir a indenização por dano moral. Em 2005, a Quarta Turma do STJ, que também analisa o tema, havia rejeitado a possibilidade de ocorrência de dano moral por abandono afetivo”.

Fonte: Uol Noticias - http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2012/05/02/em-decisao-inedita-stj-condena-pai-por-abandono-afetivo.htm

--------------------------------------------------

“Ministros consideraram que ele não cumpriu com o dever de cuidar da filha, mesmo depois de comprovada a paternidade. Condenação por abandono afetivo é inédita e servirá de referência para casos semelhantes"

O Superior Tribunal de Justiça(STJ) condenou um homem a pagar R$ 200 mil de indenização à filha por ter ficado ausente durante a infância e a adolescência dela. Os ministros consideraram que o homem não cumpriu com o dever de cuidar da filha, mesmo depois de comprovada a paternidade. A condenação por abandono afetivo é inédita e servirá de referência para casos semelhantes. O pai negou que tenha abandonado a filha e ainda poderá recorrer ao Supremo Tribunal Federal(STF)”.

Fonte: Globo – Jornal Nacional
http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2012/05/stj-condena-homem-acusado-de-abandono-afetivo-pela-filha.html






Versão para impressão  |  Envie para um amigo  |  Deixe seu comentário




Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››
CIDADÃO ALERTA - 2017